7 pessoas que se intoxicaram com coisas muito comuns

7 pessoas que se intoxicaram com coisas muito comuns

Todos os anos, centenas de pessoas morrem envenenadas ou intoxicadas acidentalmente e nós nem nos damos conta disso. O envenenamento é mais comum do que imaginamos e todos nós estamos susceptíveis a isso. Basta olharmos ao nosso redor e iremos nos deparar com uma série de produtos químicos que utilizamos todos os dias e que podem ser fatais à nossa saúde.

O que acontece é que muitas vezes nós ignoramos os rótulos ou avisos. E é nesses momentos que o pior pode ocorrer. Por isso, é importante estarmos sempre atentos a tudo que nos rodeia. Mesmo coisas comuns do dia a dia podem conter alguma substância perigosa.

Confira agora a história de 7 pessoas que se intoxicaram com coisas muito comuns.

1 – Pesticida

Uma família do Texas foi envenenada após o uso de um pesticida comprado no mercado negro. O homem estava tentando matar ratos e então comprou o produto que leva em sua composição fosforeto de alumínio. O produto foi aplicado antes que eles fossem dormir. No dia seguinte, o serviço de emergência foi solicitado, uma das crianças da família havia morrido e todos os outros familiares passavam mal.

Outras 3 crianças morreram e a mãe, o pai e outros 4 filhos foram internados em estado crítico. A família acreditava que tinha sido envenenada por monóxido de carbono, mas na realidade, o envenenamento foi causado pelo gás de fosfina. Esse gás é liberado quando o fosfeto de alumínio é misturado com qualquer tipo de umidade. O morador, que não sabia como aplicar o pesticida, acabou misturando a substância com água.

2 – Chocolate vencido

A senhora Rosetta decidiu agradar os netos que estavam famintos com uma xícara de chocolate quente. Ela então preparou tudo com muito amor e carinho para seus netos, não parecia ter nada errado. O problema é que ela não imaginava que isso resultaria em grandes problemas mais tarde. O marido de Rosetta começou a passar mal e vomitar. Depois, o mesmo aconteceu com seus netos, eles tiveram intoxicação alimentar e as crianças ficaram cerca de 3 semanas internadas. Foi só depois que voltaram do hospital que decidiram checar a data de validade do chocolate e então descobriram que ele havia vencido há 25 anos, em junho de 1990.

3 – Cola pra unha

Em 2010, um homem britânico foi fazer algo que já era comum de sua rotina, aplicar o colírio. No entanto, ele acabou fazendo uma grande confusão e aplicou cola para unha postiça no olho, como se fosse um colírio. O que aconteceu foi que seus olhos começaram a arder e doer. Por mais que lavasse os olhos, a dor não passava. Foi então que procurou o hospital. Foi quando descobriu o erro e pôde ter a cola removida dos olhos.

4 – Veneno para erva daninha

Um dentista de Boston convidou seus amigos para um churrasco, em sua casa. Quando a família Glynn chegou no local, pediram água para as crianças, e ele, como bom anfitrião que era, serviu as crianças. No entanto o pequeno Benjamin, de 4 meses de vida começou a vomitar sangue logo em seguida. Os pais então levaram as crianças as pressas para a emergência, junto levaram a jarra, que mais tarde identificaram se tratar de um veneno para matar ervas daninhas. O bebê acabou morrendo pela ingestão do veneno e sua irmã passou semanas internada após o acidente.

5 – Soda caustica

Jan Harding, de 67 anos de idade, havia saído para tomar um chá em 2014. No entanto, assim que tomou o primeiro gole, a mulher começou a sentir uma queimação terrível. Correu então para o hospital, onde teve que respirar e comer através de um tubo por vários dias, até se recuperar. Mais tarde, descobriu-se que um erro terrível. O funcionário confundiu o saco de soda caustica com o de açúcar. O que causou toda a tragédia.

6 – Suco de maça

Este foi um caso similar ao que acabamos de contar. Dessa vez na Escócia, em 2007. Fran Nichol pediu um suco de maçã, mas quando tomou o primeiro gole sentiu uma terrível queimação. A mulher correu para o hospital onde foi socorrida a tempo. Foi depois disso que descobriram que alguém havia usado soda para limpar o frigorífico e acabou deixando um dos frascos no local. O garçom, sem saber de nada, confundiu as garrafas e serviu soda ao invés de suco para Fran. Felizmente, ela sobreviveu.

7 – Sal

Em 2014, o menino Garrett Spears precisou ser levado as pressas para o hospital. Ele havia se envenenado pelo excesso de sódio. Apesar de ter sido socorrido, os médicos não conseguiram salvar a vida de Garret, os níveis de sódio eram tão altos que seu cérebro estava inchado. Logo, buscou-se o responsável pela morte da criança, foi então que se descobriu que sua mãe, Lacey Spears, estava dando sal para ele desde que era apenas um bebê. Só depois descobriram que a mãe sofria da síndrome de Munchausen por procuração, que leva a pessoa a fingir uma doença.

Fonte: Fatos Desconhecidos

Envie seu comentário

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE