9 Curiosidades sobre as maravilhas do corpo feminino

9 Curiosidades sobre as maravilhas do corpo feminino

Uma das mais impressionantes características do corpo feminino é a capacidade de procriar. Porém, dar à luz não é a única coisa que faz do organismo das mulheres uma “máquina” fascinante. Quando observado de perto, ele revela muitas curiosidades que talvez nem mesmo a ala feminina da população conheça.

9. Um dos seios é sempre maior que o outro

9 Curiosidades sobre as maravilhas do corpo feminino

Mulher alguma tem seios absolutamente simétricos.diferença de tamanho pode ser imperceptível ou mais facilmente notada, o que pode ocorrer por conta de diversos motivos. Por exemplo, pode ser em decorrência da diferença no volume do tecido mamário ou da elasticidade da pele em cada peito. Contudo, não há o menor motivo para preocupação, já que é algo absolutamente natural e normal.

8. O corpo feminino se transforma muito durante o parto

9 Curiosidades sobre as maravilhas do corpo feminino

Dar à luz uma criança é um trabalho difícil, e qualquer mãe pode confirmar isso. Além da dor intensa durante o parto, o corpo geralmente passa por inúmeras mudanças. Uma delas é a dilatação do colo uterino.

Durante o parto, a cérvix passa de uma entrada bem fechada para uma passagem totalmente aberta para o bebê. Para que a criança saia, a dilatação precisa ser de 10 cm. Porém, esses 10 cm representam apenas o ponto para os empurrões: o colo uterino pode continuar se expandindo para acomodar a cabeça do bebê.

7. As mulheres aguentam mais a dor

9 Curiosidades sobre as maravilhas do corpo feminino

As mulheres realmente resistem mais à dor do que os homens. Trata-se de um fato bem conhecido. E o funcionamento do cérebro delas está por trás de tudo.

Alguns estudos mostram que as mulheres e os homens lembram de formas diferentes das dores vivenciadas. Enquanto os homens ficam mais estressados e sensíveis quando pensam na dor que já sentiram, as mulheres tendem a esquecer dela mais rapidamente. E em geral, o limite da dor nas mulheres é nove vezes mais alto que nos homens.

6. Mulheres são realmente boas com as palavras

Quando se trata de se expressar, não dá para comparar os homens com as mulheres. E existe uma explicação anatômica para o fenômeno: nas mulheres, as áreas frontais e temporais do córtex cerebral tendem a ser maiores. Trata-se de uma região cerebral que supostamente afeta as habilidades da linguagem.

Além disso, as mulheres têm níveis mais altos de FOXP2, também conhecida como a “proteína da linguagem”. A grande quantidade de proteínas ajuda a mulher a pronunciar, em média, 20 mil palavras por dia. São 13 mil palavras a mais do que as pronunciadas em média pelos homens.

5. Mulheres têm maior resistência muscular

Alguns estudos provaram que as mulheres são capazes de fazer exercícios de resistência por um tempo aproximadamente 75% maior em comparação com os homens. E os hormônios são os responsáveis: acredita-se que o estrogênio das mulheres deixe os músculos delas mais resistentes à fadiga.

4. A pele feminina é muito sensível

De forma geral, a pele feminina é 25% mais fina que a dos homens, o que a deixa mais sensível ao toque e outros pontos de estímulo. Infelizmente, essa característica traz um lado negativo: a pele mais sensível deixa as mulheres mais propensas ao desenvolvimento de linhas de expressão e rugas à medida em que o passar dos anos compromete a concentração de colágeno.

3. O estado emocional da mulher tem a ver com seus hormônios

A maioria das mulheres sabe de tudo sobre os sintomas da TPM. Contudo, nem todas elas percebem que o próprio corpo é afetado pelo ciclo menstrual todos os dias do mês. Assim como os níveis de hormônios no cérebro e no resto do corpo mudam constantemente, os pontos de vista, os níveis de energia e a sensibilidade também sofrem alterações.

Por exemplo, as mulheres costumam se sentir com maior energia sexual cerca de 10 dias após o começo da menstruação e logo antes da ovulação. Durante o período, acabam se vestindo de forma mais sexy, com o intuito de parecerem mais atraentes. Uma semana depois, quando os níveis de progesterona aumentam, as mulheres tendem a ficar mais em casa, curtindo uma xícara de chá quente e passando mais tempo com os entes queridos.

Na semana seguinte, elas ficam mais choronas e irritáveis. Obviamente, o estado emocional piora no máximo entre 12 e 24 horas antes do começo da menstruação.

2. As mulheres vivem a adolescência duas vezes

O segundo período da adolescência na vida das mulheres, a perimenopausa, ocorre por volta dos 40 anos. Geralmente, ele é caracterizado por menstruações irregulares, suores noturnos e outros sintomas desagradáveis causados pelas alterações hormonais. Durante esse período de transição, os hormônios da mulher costumam ficar tão desequilibrados que podem até fazer com que ela se comporte como uma adolescente.

1. As mulheres são especialistas em “ler” rostos

Desde o nascimento, as mulheres têm uma grande habilidade de “ler” rostos das pessoas, decodificando perfeitamente suas emoções e sentimentos. Isso as torna mais empáticas em relação aos outros, estabelecendo comunicação com maior facilidade. Além disso, alguns estudos comprovaram que as mulheres memorizam perfeitamente os traços faciais de quem conhecem.

Fonte: Incrível

Envie seu comentário