“A internet está doente” diz cantora que perdeu o filho para os haters

“A internet está doente” diz cantora que perdeu o filho para os haters

Walkyria Santos, ex-cantora da banda de forró Magníficos, está passando por dores que uma mãe não deveria sentir. Ela teve que enfrentar a morte de seu filho de 16 anos. O menino Lucas tentou sua vida em um momento de desespero.

Depois de postar um vídeo em sua rede social que deveria ter sido interessante para ele, foi severamente criticado e insultado pelos chamados “odiadores”. “A Internet, incapaz de resistir ao pressão, terminou sua dor.

Para quem não sabe, “odiadores” são aqueles que usam a Internet para ofender, humilhar e atacar outras pessoas sob a proteção de uma tela de computador ou telefone celular. Infelizmente, muitas pessoas pensam que a Internet é uma terra sem lei, então a usam para extrair veneno e prejudicar outras pessoas.

Milhares de pessoas vêm sofrendo com esse tipo de dor, principalmente adolescentes, que passaram mais tempo em frente à tela por conta da pandemia.

Diante da fragilidade da Internet, o caso alertou pais e mães para que prestassem atenção ao comportamento de seus filhos. Não podemos mais aceitar que mais vidas sejam perdidas por razões “obviamente” estúpidas, mas isso causará grandes danos à saúde mental de crianças, adolescentes e adultos.

A cantora publicou um post na internet divulgando esse triste e irreparável incidente, e ainda muito emocionada, onde contou como tudo aconteceu:

No post ela escreveu:

“Hoje perdi meu filho, mas preciso deixar este sinal de alerta aqui. Cuidado com o que você diz, o que você diz. Você pode acabar com a vida de uma pessoa. Sou eu e minha família que choramos hoje. Eu sempre amarei você, meu filho Lucas Santos, eu te amo ”, finalizou.

Mesmo não sendo possível reaver a vida de Lucas, Walkiria decidiu usar a sua dor para lutar pela vida de outros adolescentes que, como o seu filho, sofrem as mesmas pressões das redes sociais.

Em seu perfil no Instagram ela escreveu:

“Minha vida mudou e trouxe outra batalha. Ontem, Brasília apresentou um projeto de lei para criminalizar e punir as pessoas que publicam discurso de ódio na Internet. Essa lei terá o nome de meu filho Lucas Santos. As pessoas não podem se esconder atrás de telas de celulares , espalhe o ódio e pare aí. Minha família inteira e eu não vamos parar. Precisamos mudar, precisamos da lei, para não perdermos mais. Muitas vidas. A morte do meu filho não pode ser ignorada. “, ela ventilado.

A cantora pediu ajuda a todos os que a seguiram e sentiram a sua dor para apoiá-los nesta batalha:

“Agora preciso do apoio de cada um de vocês para que possamos salvar vidas com a aprovação desta lei. Expresse seu apoio a essa causa postando fotos como eu.

A mão com o sinal de stop desenha um L ao mesmo tempo, então eles pararam o que fizeram com meu filho. As imagens a serem usadas no telefone vão aparecer na minha história. ”, escreveu.

É uma pena que não tenhamos tempo para salvar Lucas, mas podemos salvar outros adolescentes, se o fizermos, a vida de Lucas não será perdida.

A cantora disse no final do post: “Vou lutar até o fim! Em outro artigo, ela disse que a lei é importante porque ela não pode salvar seus filhos, mas pode salvar os filhos de outras mulheres:

Muito emocionada ela disse que a internet está doente e que isso não pode continuar.

O filho mais velho da cantora, Bruno Santos é cantor e tem 20 anos, ele usou o Instagram para fazer um desabafo e disse que está faltando amor no mundo:

“A Internet é um ambiente doentio e podre. Muitas pessoas acreditam que têm o direito de julgar umas às outras e apontam que a decisão se baseia apenas no que acreditam. Além disso, se for contra suas crenças, o próximo passo é “cancelar”. É como se eles fossem o nome de usuário e a senha de um pequeno jogo. Mas isso não é um jogo, pessoal. Esta é a porra da vida real. Eu só não entendo de onde vem tanto ódio. Meu irmão está se foi. Mas ele não acabou com sua vida, não. A Internet o matou. Comentários de ódio o mataram. O juiz da Internet o matou “, acusou.

A internet pode trazer muitas melhorias, assim como o gatinho online, a vida maravilhosa de todos os dias, as conexões entre pessoas de todo o mundo, são inúmeras, tudo na vida tem dois aspectos, infelizmente, também é responsável por espalhar a mentira, Notícias ofensivas e muito cruéis de agressão têm um impacto negativo na saúde mental de todos nós.

É por isso que nós também vamos lutar com essa mãe para que acontecimentos como esse nunca mais aconteçam, e se acontecerem, possam ser devidamente responsabilizados por lei!

Envie seu comentário