É fã de montanha-russa? Médicos descobrem que andar nela pode ajudar a expelir pedras dos rins

É fã de montanha-russa? Médicos descobrem que andar nela pode ajudar a expelir pedras dos rins

Um passeio de montanha-russa pode ser a solução mais simples para eliminar pedras nos rins. Foi o que descobriu David Wartinger, um urologista da Universidade Estadual de Michigan, EUA.

 Após ouvir os relatos de alguns pacientes, ele decidiu testar a teoria e concluiu: andar no brinquedo típico dos parques de diversões contribui para a expulsão de cálculos renais com quase 70% de sucesso.

Como andar de montanha-russa combate pedras nos rins

Em seu estudo, publicado no Journal of the American Osteopathic Association, o especialista conta que ouvia seus pacientes dizer que após andarem em uma determinada montanha-russa no Walt Disney World, eles conseguiam eliminar as pedras dos rins.

Usando um modelo 3D sintético de um rim oco com três cálculos renais não maiores que 4 milímetros inseridos na réplica, o médico fez o teste andando com o protótipo em uma mochila na montanha-russa Big Thunder Mountain, no parque temático, por 20 vezes.

Ele verificou que ao se sentar no último carro da montanha-russa, a taxa de passagem das pedras chegava a 64%, enquanto que o passeio a bordo dos primeiros carros do brinquedo apresentava uma taxa de sucesso de apenas 16%.

No total, foram utilizados 174 modelos de cálculos renais de diferentes formas, tamanhos e pesos para ver se cada um funcionava no mesmo passeio e em outras duas montanhas-russas. A Big Thunder Mountain foi a única que apresentou resultados no estudo.

A montanha-russa ideal para a eliminação de pedras nos rins, concluiu o pesquisador, é a que oferece passeio rápido, com algumas voltas, mas sem movimentos invertidos. O urologista ainda afirma que os pacientes poderiam tentar andar em uma montanha-russa uma vez por ano como uma forma de manutenção, diminuindo as chances de problemas futuros e minimizando os custos de cuidados de saúde.

Envie seu comentário