O site da Só um segundo utiliza cookies. Saiba mais sobre nossas Políticas de Cookies clicando aqui. Ao navegar você concorda com a sua utilização.
Saiba mais sobre os cookies em nossa Advertência Jurídica e Políticas de Privacidade

Homem com ”barriga de cerveja” descobre que na verdade tinha um tumor de 34 kg

Homem com ”barriga de cerveja” descobre que na verdade tinha um tumor de 34 kg

Tomar aquela gelada com os amigos pode ser muito prazeroso, o problema é quando a cerveja começa a nos trazer aquela barriga indesejada. No caso de Hector Hernandez, de 47 anos, foi um pouco diferente. Durante muito tempo, ele achava que sua barriga estava muito grande por causa da idade ou coisa do tipo. Sua barriga, que crescia mais que o normal, dava a impressão de que ele estava gordo.

Um dia, um homem o abordou em uma loja de conveniência em Downey, na Califórnia, e disse que ele precisava parar de beber, afinal sua barriga se assemelhava muito a daqueles que bebem excessivamente . Porém, Hector não bebe e muito menos exagera na alimentação. Mas então o que diabos estava fazendo a barriga desse homem crescer? Isso é o que a gente conta para vocês nessa matéria.

Um tumor de 34 quilos

A barriga de Hector crescia, mas o resto do corpo ficava cada vez mais magro. Depois de um ano e meio vivendo nessa situação, Hector resolveu procurar um médico, exatamente em 2016. A explicação do médico foi de que algumas pessoas “ganham peso de forma diferente”.

Só em 2017 é que Hector buscou outro médico. Foi então que ele descobriu que havia um tumor em sua barriga com incríveis 34 quilos. Os exames mostraram que Hector tinha lipossarcoma, uma forma rara de câncer que se origina nas células adiposas.

Hector não sentia dores, mas sofria de pressão alta e tinha falta de ar, constipação e azia. Depois de 6 horas de cirurgia, o médico, William Tseng (especializado em remover grandes sarcomas de partes moles), conseguiu retirar o tumor. “É o maior que já vi”, disse Tseng, em entrevista ao NY Times. Ele era acostumado a lidar com tumores pesando de 9 a 13 quilos e nunca tinha visto um de 34 quilos.

Para a sorte de Hector o tumor não se espalhou para outras partes do corpo, mas os médicos tiveram de remover um de seus rins. “O tumor o engoliu, basicamente”, disse Hector.

Os médicos informaram que o lipossarcoma provavelmente retornará. Se caso isso acontecer, pode ser que venha a ser mais agressivo. A única maneira de lidar com isso é fazer mais cirurgias. Agora, Hector passará por exames de tomografia a cada quatro meses para fazer o monitoramento.

Fonte: Fatos Desconhecidos

Envie seu comentário

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE