Pão de Forma Tradicional Sem Glúten Sem Lactose

Pão de Forma Tradicional Sem Glúten Sem Lactose

Até que não ficou muito diferente do meu, não é mesmo? Estava frio no dia que preparei o pão e foi um custo fazer com que a massa crescesse, mas acabou dando tudo certo! 🙂 E ainda me empolguei, fiz duas receitas, o que resultou em um pão, 12 mufins e uma tortinha de atum!
Coloco abaixo a minha versão da receita:

Crepe delícia de whey protein

Pão de Forma Tradicional Sem Glúten Sem Lactose

Fonte: Ligeiramente adaptado da receita do Chef Marcelo Facini.

4 ovos

1 1/2 xíc. (chá) de leite de coco diluído (sendo 1/2 xíc. de leite de coco + 1 xíc. de água)

4 c. (sopa) de azeite de oliva

1 1/2 xíc. (chá) de farinha de arroz

1/2 xíc. (chá) de polvilho doce

1/2 xíc. (chá) de fubá

1 c. (sopa) de açúcar demerara

1 c. (chá) de sal marinho (ou à gosto)

1 c. (sopa) de fermento biológico seco para pães

1. Bata todos os ingredientes (menos o fermento) no liquidificador. Coloque o fermento e bata mais uma vez apenas para misturar.

2. Despeje a massa em uma forma para pães (ou para bolo inglês – que foi a que usei) untada com azeite e farinha de arroz. Deixe crescer em local abafado até dobrar de tamanho.

3. Coloque para assar em forno médio pré-aquecido (180 graus) por aproximadamente 30 minutos ou até que o pão esteja totalmente assado.

Na segunda receita, coloquei fermento para bolos ao invés de fermento para pães, distribuí a massa em uma forma para muffins e coloquei para assar direto, não esperei crescer. Em alguns deles, coloquei azeitonas, os outros ficaram puros. Fiz dessa forma para congelar. Ficou bem gostoso, um bolinho neutro fácil para ser usado nos momentos de apuros, e é claro, para ser consumido com algum acompanhamento, porque bolinho puro ninguém merece, né? O uso do fermento faz com que a textura fique diferente, fica parecendo um bolinho mesmo, bem macio. Eu gostei dos dois jeitos. 

E congelei metade do pão também, a outra metade foi consumida quase toda no mesmo dia, ficou apenas um pedaço para o dia seguinte e eu achei que já ficou bem seco e esfarelento, então caso você não for consumir tudo em um período de tempo curto, corte em fatias, congele e depois esquente as fatias no forno.

A massa utilizada para fazer os muffins sobrou, coloquei em um refratário pequeno de porcelana, improvisei um recheio de atum e joguei em cima da massa. Virou uma tortinha de atum deliciosa

Praticamente uma receita 3 em 1!

Envie seu comentário